Guia completo sobre Whey Protein

Publicado por Bianca Neves


Confira um guia completo sobre Whey Protein. Esse suplemento alimentar é um dos mais consumidos pelos adeptos da academia, principalmente dos exercícios musculação. Ele é uma boa fonte de proteína, fortalece os músculos, melhora o desempenho e não permite que o corpo acumule gordura.

Praticar exercícios físicos com frequência promove a melhora da saúde do organismo, mas é preciso aliar as atividades com uma boa alimentação. Quando o corpo não recebe quantidade necessária de proteínas e carboidratos, os músculos sofrem com desgastes e fica mais suscetível a danos.

O Whey Protein auxilia no ganho de massa muscular. (Foto: Divulgação).

O Whey Protein auxilia no ganho de massa muscular. (Foto: Divulgação).

Guia completo sobre Whey Protein

O Viver Mais Fit elaborou um guia completo sobre Whey Protein. Veja:

O principal nutriente do Whey Protein é a proteína, o consumo proporciona ao corpo centenas de aminoácidos ramificados (BCAA’s) sem adição de qualquer tipo de gordura, fato que favorece de maneira muito positiva a saúde do corpo.

O suplemento é feito a base de soro de leite. No entanto, a concentração de água nesse tipo de alimento é muito grande e antes de ir para a embalagem, o produto passa por diversos processos de microfiltração. Tudo para aproveitar somente a proteína e não tornar necessária adição de outros ingredientes.

Para que serve Whey Protein?

O Whey Protein é indicado para atletas, praticantes de musculação ou qualquer outro tipo de exercício físico que exija esforço. É um suplemento e só deve ser consumido se houver recomendação de especialistas da área da saúde, caso contrário, pode causar efeitos adversos.

O Whey Protein é recomendado para atletas e praticantes musculação. (Foto: Divulgação).

O Whey Protein é recomendado para atletas e praticantes musculação. (Foto: Divulgação).

Ele oferece ao corpo uma proteína pura, capaz de auxiliar em funções básicas do corpo e promover o bom funcionamento do metabolismo. A grande diferença entre ingerir alimentos que contém proteína e consumir Whey Protein, está na facilidade com que a substância é absorvida pelo organismo.

Através do Whey Protein é possível controlar a quantidade exata de proteínas ingeridas diariamente. Elas são indispensáveis após o treino, pois evitam o catabolismo, processo que ocorre no organismo depois do gasto excessivo de energia e resulta na perda da massa magra. Dessa maneira, o suplemento ajuda a conservar a massa muscular e torna o treino ainda mais eficaz.

O suplemento também possibilita o emagrecimento, já controla os níveis de açúcar no sangue e prolonga a sensação de saciedade. Porém, vale ressaltar que o Whey Protein não é indicado para pessoas sedentárias, principalmente quando o efeito desejado a partir do consumo é a perda de peso.

Diferentes tipos

O Whey Protein é feito a base de soro de leite e fornece grande quantidade de proteínas ao organismo. (Foto: Divulgação).

O Whey Protein é feito a base de soro de leite e fornece grande quantidade de proteínas ao organismo. (Foto: Divulgação).

Concentrado: Apresenta de 50% a 80% de proteínas, o restante da composição é feita de carboidratos e gorduras. O processo de microfiltração é bem leve, portanto, o custo desse tipo de Whey é baixo em relação aos outros dois.

Hidrolisado: durante o preparo desse tipo de Whey, as cadeias proteicas são quebradas. Consequentemente, ele é digerido mais rapidamente e as proteínas são absorvidas com mais facilidade pelo organismo.

Isolado: Apresenta quantidade muito grande de proteínas, de 95% a 99%. Por ter praticamente zero carboidrato, é mais indicado para quem faz dietas e tem como objetivo emagrecer com o auxílio de Whey Protein.

Como tomar?

O Whey Protein é vendido em pó, ele deve ser diluído na água para consumir, aproximadamente 30g em 200ml. Os horários mais recomendados ingerir são após treino ou pela manhã, logo após acordar, já que são períodos em que o corpo necessita de nutrientes, pois passou horas em jejum ou gastou muita energia.

Consuma Whey Protein após o treino. (Foto: Divulgação).

Consuma Whey Protein após o treino. (Foto: Divulgação).

Efeitos colaterais

O Whey Protein só causa efeitos colaterais se for consumido em exagero. Isso, porque o excesso de proteínas é enviado aos rins, sobrecarregando o órgão e causando cálculos (pedras) nos rins. É preciso lembrar que a proteína também é obtida através da alimentação, portanto, fazer uso do suplemento mais que uma vez ao dia é prejudicial à saúde.

Além disso, o uso indevido do suplemento pode contribuir para o aparecimento de acnes e causar inchaço. Além de não ultrapassar a quantidade diária indicada, é essencial que os treinadores que consomem Whey Protein bebam bastante água ao longo do dia.

Depois de ler o  guia completo sobre Whey Protein, você já tem as informações necessárias para iniciar ou não o consumo do suplemento. Não se esqueça de intensificar a rotina de treinos, para que a definição dos músculos realmente aconteça em poucas semanas.

 




Compartilhe suas ideias! Deixe um comentário...