Dieta Japonesa Funciona Mesmo? Veja Dicas e Cardápio

Publicado por Fernanda Bandeira

Descubra como perder os quilinhos indesejados através da dieta japonesa.


A comida oriental é ovacionada pelo mundo todo e até mesmo por quem deseja emagrecer. Mas será que a dieta japonesa funciona mesmo? Saiba mais.

Já ouviu falar nessa tal dieta? Pois bem. A dieta japonesa é restritiva e rígida. Por isso, você deve ter muita disciplina e seguir à risca tudo o que é pedido para ter sucesso emagrecer como deseja.

A dieta japonesa é repleta de restrições. (Foto: Divulgação)

Então a Dieta Japonesa Funciona Mesmo?

Sim, funciona. Mas não pense que por ser japonesa você vai poder comer sushi e outras refeições ricas em carboidratos, não. Nessa dieta, você comerá muitos legumes, verduras e frutas.

O consumo de café e chás está liberado. E água, é claro.

Não pule refeições. A dieta é dividida em apenas três partes: café da manhã, almoço e jantar.

Você deve acompanhar rigorosamente a dieta, para que ela não se torne muito pobre para o seu corpo. Perder uma refeição pode significar uma perda também significativa de nutrientes essenciais.

Características da Dieta

O consumo de chá e café é liberado nessa dieta. (Foto: Divulgação)

  • Cada refeição possui pouca variedade de alimentos, visando ao consumo de baixíssimas calorias.
  • Por ser tão restritiva, você só deve fazê-la por uma semana. Depois desse período, retorne a uma dieta alimentar saudável.
  • O chá e o café ajudam a perder medidas mais rápido. O corpo elimina mais toxinas.
  • É possível perder 6 quilos em uma semana de dieta.
  • Essa “terapia de choque” é especialmente interessante para quem tem urgência em perder peso. Só não pode virar um estilo de vida.
  • É necessário que a pessoa que começa a dieta tenha determinação para não se frustrar e parar no meio do caminho.
  • Pular alguma refeição pode ter um resultado contrário ao que se deseja: o efeito sanfona. Isso porque você está educando seu organismo. Quando faz algo de errado, ele reage de formas diversas. Uma delas é te fazer sentir muito mais fome.
  • Entre cada refeição, tome chá ou coma meia fruta (somente meia fruta mesmo!). Esse intervalo pode ser de 2 horas e meia entre uma refeição e outra.
  • Não passe das 3 horas sem se alimentar. É muito importante para a sua saúde e para que a dieta japonesa seja bem-sucedida.
  • Você deve beber cerca de 3 litros de água por dia.

Dicas de Cardápio

No café da manhã, chá ou café com biscoito de água e sal.

Pode comer bife? Sim, você pode. E batata frita? Nem pensar! A ideia é que você coma a proteína, mas passe longe de carboidratos.

No almoço ou jantar, estão permitidos uma carne e salada. E a quantidade? A carne pode ser generosa, assim como a quantidade de salada.

O consumo de saladas é liberado. (Foto: Divulgação)

Coloque mais nutrientes no seu organismo com o consumo de sucos. Mas faça boas escolhas – e de baixas calorias.

Prefira frutas mais “magras”. O suco puro da laranja é muito mais calórico do que tomar um suco de laranja batido com água e mamão. O mamão é uma fruta com poucas calorias.

As frutas entre as refeições vão te ajudar a controlar o apetite. Então não deixe de comê-las nos intervalos.

Gostou das dicas de dieta? A dieta japonesa funciona mesmo, basta ter disciplina e fazer tudo certinho como ela mandar. Você vai perder medidas em pouco tempo. Compartilhe as informações.




Compartilhe suas ideias! Deixe um comentário...