Alimentação pré-treino: o que comer antes de se exercitar?

Publicado por Isabella Moretti


A alimentação pré-treino deve ser composta por alimentos saudáveis, nutritivos e capazes de manter os níveis de energia elevados na hora de praticar exercícios físicos. Leia a matéria e descubra o que comer antes de se exercitar.

A busca pelo corpo magro e definido tem motivado muitas pessoas a frequentar a academia, caminhar, correr, pedalar e praticar esportes. Antes de se exercitar, no entanto, é muito importante fazer uma refeição apropriada, que seja uma fonte de energia de rápida absorção.

A boa alimentação faz toda a diferença para praticar exercícios físicos. (Foto: Divulgação)

A boa alimentação faz toda a diferença para praticar exercícios físicos. (Foto: Divulgação)

Dicas de alimentação pré-treino

Os educadores físicos afirmam que 70% do sucesso do treino está relacionado à alimentação pré-treino e pós-treino. As escolhas alimentares devem ser feitas pensando nas necessidades do corpo. Quando a refeição não é realizada corretamente, a pessoa corre o risco de apresentar queda de pressão, mal-estar e baixo índice glicêmico.

Além de escolher bem os alimentos, também é preciso respeitar os horários. O ideal é fazer a refeição uma hora antes do exercício, pois assim o organismo tem tempo suficiente para fazer a digestão antes do treinamento.

Veja a seguir dicas sobre o que comer antes do treino:

Aposte nos termogênicos naturais

Gengibre e canela: dois poderosos termogênicos naturais. (Foto: Divulgação)

Gengibre e canela: dois poderosos termogênicos naturais. (Foto: Divulgação)

Os termogênicos naturais são alimentos perfeitos para o pré-treino, como é o caso do gengibre, da canela e do chá verde. Eles são absorvidos com facilidade pelo organismo e aceleram o funcionamento do metabolismo.

Os termogênicos naturais são bem-vindos à refeição pré-treino, porém, devem ser consumidos com moderação.

Carboidratos complexos

Antes do treino, é muito importante ingerir os carboidratos complexos, como é o caso do pão integral, do arroz integral, da batata doce, da salada de fruta e do açaí. Esses alimentos previnem a queda dos níveis glicêmicos.

Uma taça de açaí fornece energia para o treino. (Foto: Divulgação)

Uma taça de açaí fornece energia para o treino. (Foto: Divulgação)

Os carboidratos simples, como pão branco, bolachas recheadas e doces, devem ser evitados, pois causam picos de energia e reduzem o estoque energético do organismo.

Alimentos ricos em ômega 3

Investir em alimentos ricos em ômega 3 é uma forma de tornar a alimentação pré-treino mais saudável. O nutriente contribui com a recuperação da energia, sem falar que leva oxigênio para os músculos e mantém a fluidez no sangue. Experimente consumir castanhas em geral, ovos caipiras, peixes, gergelim e linhaça.

Aposte numa pequena porção de castanhas. (Foto: Divulgação)

Inclua castanhas na alimentação pré-treino. (Foto: Divulgação)

Sugestões de refeição pré-treino

Veja a seguir dicas de lanches para fazer no pré-treino:

  • 1 copo de vitamina de banana, mamão, mel e aveia + 2 castanhas.
  • 1 ovo mexido + 2 fatias de pão integral.
  • Frango desfiado + 2 fatias de pão integral + requeijão light.
  • Salada de fruta + 2 colheres de granola e mel + 1 fatia de queijo branco.
  • 1 banana amassada com 2 colheres de aveia e 1 colher de mel.
  • 1 batata doce assada + 1 fruta
  • Tapioca com chia + 1 fruta

Seguindo as recomendações de alimentação pré-treino, você vai conseguir perder peso e ainda definir os músculos do corpo. Agora é só colocar em prática essas dicas na sua dieta.




Compartilhe suas ideias! Deixe um comentário...